Topo

HINO DA INDEPENDÊNCIA

(VERSAO FUNDAÇÃO VICTOR CIVITA)
Letra de Evaristo Ferreira da Veiga
Música de D.Pedro I

Já podeis, da Pátria filhos,
Ver contente a mãe gentil;
Já raiou a liberdade
No horizonte do Brasil.
Já raiou a liberdade
Já raiou a liberdade
No horizonte do Brasil.

Brava gente brasileira!
Longe vá... temor servil:
Ou ficar a pátria livre
Ou morrer pelo Brasil.
Ou ficar a pátria livre
Ou morrer pelo Brasil.

Mal soou na serra, ao longe,
Nosso grito varonil;
Nos imensos ombros, logo,
A cabeça ergue o Brasil.
Nos imensos ombros, logo,
Nos imensos ombros, logo,
A cabeça ergue o Brasil.

Brava gente brasileira!
Longe vá... temor servil:
Ou ficar a pátria livre
Ou morrer pelo Brasil.
Ou ficar a pátria livre
Ou morrer pelo Brasil.

Parabéns, ó brasileiros,
Já, com garbo juvenil,
Do universo entre as nações
Resplandece a do Brasil.
Do universo entre as nações
Do universo entre as nações
Resplandece a do Brasil.

Brava gente brasileira!
Longe vá... temor servil:
Ou ficar a pátria livre
Ou morrer pelo Brasil.
Ou ficar a pátria livre
Ou morrer pelo Brasil.

Gostou? Agora compartilhe!