Topo

"O POETA A vida do poeta tem um ritmo diferente É um contínuo de dor angustiante.

"O POETA A vida do poeta tem um ritmo diferente É um contínuo de dor angustiante. O poeta é um destinado do sofrimento Do sofrimento qe lhe clareia a visão de beleza E sua alma é uma parcela do infinito distante O infinito que ninguém sonda e ninguém compreende. Ele é o eterno errante dos caminhos Que vai, pisando a terra e olhando o céu Preso pelos exretmos intangíveis Clareando como um raio de sol a paisagem da vida..."

Gostou? Agora compartilhe!