Topo

Quero a loucura da saudade. Quero o descontentamento que me faz grunhir no silêncio das madrugadas, quando o cheiro de dama-da-noite quase me sufoca no quarto. A janela fechada não me protege da vida. Não me importo.

Quero a loucura da saudade. Quero o descontentamento que me faz grunhir no silêncio das madrugadas, quando o cheiro de dama-da-noite quase me sufoca no quarto. A janela fechada não me protege da vida. Não me importo. Há mais perigos dentro do que fora de mim.

Gostou? Agora compartilhe!